A transformação digital pode gerar 45% de economia em compras

A transformação digital traz inúmeros benefícios para as empresas e isso todos nós já sabemos. Entretanto, quando analisamos os ganhos que ela pode oferecer ao setor de compras de uma empresa o resultado pode ser surpreendente.

Nesta postagem apresentaremos os principais insights do relatório “Compras de classe mundial: redefinindo o desempenho na era digital” feito pela Consultora Internacional Hackett Group, empresa líder em benchmarking e melhores práticas para empresas globais.

Acompanhe abaixo!

 

Transformação digital a favor do setor de compras

Segundo o estudo, as áreas de compras que usam as tecnologias 4.0 conseguem obter uma redução de custos de até 17%. Entretanto, quando aceitam verdadeiramente a transformação digital – ou seja, mudam o mindset e não apenas utilizam determinada tecnologia de maneira pontual – conseguem reduzir os gastos em 45% ou mais.

O relatório também aborda a importância de livrar os profissionais de atividades rotineiras e repetitivas, dando mais tempo e condições para eles serem estratégicos. Por meio da transformação digital, é possível implementar soluções robotizadas, que ajudam a reduzir os erros nos processos e, claro, a obter mais lucro.

Após a mudança de comportamento, restará para as organizações decidir como utilizar as economias de custo geradas pela digitalização. Talvez, seja uma ótima oportunidade para investir em funcionários, qualificando-os para tarefas mais estratégicas e importantes para o negócio da empresa.

Sobre o estudo “Compras de classe mundial: redefinindo o desempenho na era digital”

A consultoria dividiu o relatório em benefícios da transformação digital para empresas nacionais e empresas multinacionais.

A redução de custos para as organizações de classe mundial foi maior, contemplando até 43% de economia com a automação e 55% aderindo a transformação digital como um todo. Vale ressaltar que a automação, neste caso, refere-se ao uso de bots para substituir trabalhos operacionais dos profissionais. Já a transformação digital impacta uma empresa de forma “holística”, incluindo até mesmo uma reestruturação potencial.

Um ponto de atenção que fica com este estudo é que as organizações estão investindo em tecnologia, porém, estão esquecendo que investir em capital humano e profissionalização. Isso não significa que a empresa precisa de mais pessoas para lidar com a digitalização, mas sim, profissionais mais qualificados para atender a este novo cenário.

Estas mudanças ajudarão as empresas a acelerar seus processos de compras, o que é valioso, pois a velocidade é algo muito importante na atualidade. Além disso, agregam uma visão detalhada de gastos por fornecedor, o que traz um maior poder de negociação para alavancar ainda mais o setor. Este é apenas um exemplo dos milhares de dados que a empresa terá acesso para montar uma estratégia mais aderente ao seu negócio.

À medida que as organizações coletam e analisam uma maior quantidade de dados, as tecnologias podem ser aprimoradas para aperfeiçoar os processos.

No entanto, decidir como realizar as etapas da transformação digital vai variar de acordo com o core de cada empresa. Não existe um plano padronizado a ser seguido, cada empresa deverá criar a sua própria agenda digital para seguir os passos sem impactar nos objetivos da organização.

Gostou dos insights sobre a transformação digital na área de compras? Deixe sua opinião nos comentários.

Deixe sua opinião nos comentários. Assine nossa newsletter para ficar por dentro de tudo o que acontece no mercado B2B! 😊