marketplace b2b

Os sistemas para negócios B2B necessitam de constantes inovações para atender usuários cada vez mais exigentes, bem como regras de governança e compliance. Segundo dados do Business-to-Business Online (B2BOL) divulgados este ano, o comércio eletrônico estabelecido entre empresas no Brasil tem a previsão de faturar R$ 2,39 trilhões em dezembro de 2019. Um aumento de 17,1% em relação ao ano passado, que fechou o período arrecadando R$ 2,04 trilhões.

Para acompanhar esse cenário, o Mercado Eletrônico, líder em comércio eletrônico B2B na América Latina, anuncia uma nova funcionalidade em seu Marketplace: o selo de verificação de fornecedores. A novidade tem importância para os dois lados da cadeia, compradores e fornecedores, uma vez que contempla diferentes benefícios para ambos os públicos.

“Os compradores poderão verificar o status das empresas ativas no Marketplace e escolher com mais segurança novas fontes de fornecimento para os seus processos de compras”, destaca Fabrizio Tassitano, diretor de produtos do Mercado Eletrônico.

Isso proporcionará credibilidade aos milhares de vendedores da plataforma e mais segurança aos compradores, no momento de seleção das empresas. Desta forma, os vendedores têm mais chances de participar de novos processos de cotação e aumentar suas vendas, enquanto os compradores podem acessar novas fontes de fornecimento e, assim, gerar mais saving em suas compras.

A averiguação será realizada mensalmente por meio do RPA (Robotic Process Automation) e permitirá diferenciar no Marketplace as empresas fornecedoras de acordo com cinco bases: Receita Federal, (2) Portal da Transparência, (3) Caixa Econômica Federal, (4) certidão negativa de débitos relativos aos tributos federais e (5) Tribunal Superior do Trabalho.

Poderão participar desse processo todos os fornecedores que fazem parte do Marketplace. O selo ficará disponível ao lado do nome de cada empresa e o comprador poderá visualizar em vários momentos como, por exemplo, na seleção de novos fornecedores para suas cotações, na aprovação de empresas que se candidatam a responder uma cotação, entre outros. “Queremos que a nossa comunidade de empresas conquiste resultados significativos com o uso do Marketplace. Ou seja, os fornecedores venderem mais e os compradores terem mais economia e novos parceiros de negócios”, conclui Fabrizio.

Marketplace premiado

Reconhecido por dois anos consecutivos (2016 e 2017) como melhor Marketplace pelo Prêmio Inbrasc, a comunidade do Mercado Eletrônico possui mais de 1 milhão de vendedores ativos e movimenta um valor acima de R$ 85 bilhões por ano.

O Marketplace do ME disponibiliza, ainda, um rating de fornecedores. Os compradores avaliam os serviços dos parceiros com relação ao prazo de entrega, tempo de resposta de cotação e outras variáveis importantes para qualquer relação comercial. Todos os dados ficam públicos na plataforma e ajudam nas tomadas de decisão.

Fonte: Portal Channel 360º