Reframing - Ressignificando acontecimentos

Em momentos de mudança, onde as verdades absolutas estão sendo questionadas, é necessário criar novas formas de agir e pensar.

Você já ouviu falar em Reframing? Trata-se de uma metodologia de programação neurolinguística desenvolvida para repensar atitudes e a maneira de atuar diante às situações. Esta técnica está sendo bastante utilizada no cenário atual, que está se sentindo ameaçado com as transformações e tecnologias 4.0.

Luis Rasquilha, CEO da Inova Consulting e Orador TEDx, convida você para assistir a palestra “Reframing: aprendendo a ressignificar acontecimentos”, que vai acontecer no ME B2B Summit, no dia 19 de setembro, em São Paulo.

Inscreva-se aqui agora e continue lendo o post para saber um pouco mais sobre o assunto. Confira!

 

Nosso mundo interior: como criamos?

O cérebro interpreta os acontecimentos de nossas vidas com base em experiências e aprendizados. Portanto, cada pessoa tem um entendimento diferente das situações.

Vou dar um exemplo básico. Para um atleta, almoçar salada e frango é perfeito para alcançar seus objetivos. Para uma pessoa comum ou que está habituada a comer muito, talvez seja um almoço bem abaixo das expectativas. Após a refeição, o atleta está preparado para seguir seu dia perfeitamente, enquanto a outra pessoa ficou com o sentimento de que está faltando algo.

Uma vez que o ser humano aceita estes acontecimentos como verdade, eles acabam refletindo em seu mundo interior e influenciando nas decisões futuras. É possível perceber que, nesta situação, não existe certo ou errado, mas apenas duas percepções diferentes do mesmo acontecimento. E é desta maneira que vamos criando nosso mundo interior.

Ressignificar acontecimentos para ter mais sucesso e satisfação na vida

Ao longo de nossas vidas, acontecem inúmeros eventos e, alguns deles, eventualmente, podem ferir nossos valores. Desta forma, tendemos a interpretá-los como acontecimentos negativos.

Um exemplo claro é uma briga em família. É muito comum remoer os momentos ruins e rever todas as falas que aconteceram durante uma discussão, atitudes que só nos ajudam a ficar ainda mais magoados. Afinal, se ficarmos pensando apenas no problema e em como as coisas poderiam ter acontecido de maneira diferente, o final da história é ficar cada vez mais aborrecido.

Quando isso acontece é hora de parar e pensar. A ação de ficar remoendo não ajuda em nada e é neste momento que entra o método de ressignificação, também conhecido como reframing. Ressignificar traduz a capacidade que nós temos de encarar de forma simples os acontecimentos que, antes, pareciam muito complicados.

É o ato de dar outro sentido àquilo que já está enraizado em nosso backup de valores e crenças.

Dar um valor diferente, além de nos ajudar a seguir em frente, traz equilíbrio emocional e permite encarar os problemas de forma mais segura, aumentando as chances de ter sucesso e satisfação, tanto na vida pessoal quanto na profissional.

E o que isso tem a ver com negócios?

Em tempos de tantas mudanças, muitas vezes, o pessimismo ganha força. É comum pensar que estamos vivendo tempos difíceis no mercado de trabalho e que nossos empregos estão com os dias contados na era da digitalização em massa.

O reframing, aplicado no mundo dos negócios, mostra que a tecnologia chega para potencializar o poder humano e tornar nossos trabalhos muito mais estratégicos e assertivos.

A Revolução 4.0 é mais uma das fases de transição inevitáveis da humanidade e, assim como todas as outras, o ser humano irá se adaptar e criar grandes evoluções para facilitar o dia a dia de todos.

Chegou a hora de ressignificar!

Para ressignificar, você deve escolher um evento com muito significado para você e, quando as coisas saírem de forma inesperada, buscar o lado positivo da situação para investir mais energia e atenção. Em vez de se martirizar, opte por enxergar o lado bom e, assim, enfrentar de forma equilibrada.

Ou seja, procure o ponto de vista mais otimista e tente tirar uma verdadeira lição do acontecido.

Sobre Luis Rasquilha

CEO da Inova Consulting e da Inova Business School. É formado em Disruptive Strategy (Harvard) e Criatividade e Design Thinking (Stanford), e, segundo a Gama Academy, um dos 50 profissionais que todo mundo deveria seguir. Luis também é orador do TEDx e autor de 18 livros sobre marketing, tendências e inovações.

 

E aí, está preparado para ressignificar os acontecimentos e viver a vida de forma mais leve? Inscreva-se no ME B2B Summit 2019 e veja a palestra completa de Luis Rasquilha. Mas corra, pois as vagas são limitadas.

Aproveite e assine nossa newsletter para ficar por dentro de todas as novidades do ME B2B Summit, o evento referência em comércio eletrônico B2B! 😊