mercado eletrônico no congresso de inteligência de mercado

O Mercado Eletrônico participou do 1º Congresso de Resultados e Inteligência em Compras da ABPC (Associação Brasileira de Profissionais de Compras), dia 28 de novembro, em Campinas, interior de São Paulo, para discutir a importância da tecnologia e os benefícios da automação de processos para o setor.

Representando o ME, o diretor comercial André Kerbauy apresentou ideias para a gestão da cadeia de valor e o ambiente dos fornecedores diretos e indiretos, considerados diferenciais estratégicos no mercado globalizado. “Inovar é determinante para garantir a competitividade e a sobrevivência das empresas no mercado”, disse, durante a ocasião.

Presidente do comitê gestor da ABPC, Roberto Caram concordou com o executivo do Mercado Eletrônico e aproveitou para ressaltar que a área de compras hoje deve vista como um centro de lucro, capaz de promover a entrada de inovações e das melhores práticas de tecnologia e produtividade para as empresas.

Segundo ele, os departamentos e profissionais de compras precisam investir em tecnologia aplicada para atingir excelência operacional, automação de processos repetitivos e operacionais. “Esse tipo de trabalho não que gera valor agregado aos negócios que estão inseridos”, comentou.

Especialista na área de compras e fundador da ABPC, Caram conhece o dia a dia do profissional de compras e acredita que que o futuro do setor está ligado à automação. Para ele, sem a tecnologia aplicada nos processos nenhum negócio será sustentável a ponto de sobreviver ao ambiente disruptivo atual.

Conforme explicou para o blog, o grande desafio para esses profissionais nos próximos anos é usar a inteligência para acompanhar as transformações do mundo, sem perder o foco nos resultados. “Devemos nos reinventar sem deixar de estarmos alinhados estrategicamente às novas competências de liderança, comunicação, programação e conectividade tecnológica”.

Saiba mais sobre a participação do ME no Comitê Estratégico de Compras da Amcham.